1. Estreite o relacionamento com a Polícia de forma a saber os tipos de delitos e características de agentes que estão atuando na região, com a finalidade de instruir seus funcionários, a ficarem alertas.
  2. Evite colocar cadeados do lado de fora do portão. Isso poderá denunciar a saída dos moradores.
  3. Evite deixar a sua residência com aparência de vazia. Cortinas e persianas completamente fechadas e luzes acesas durante o dia e a noite, são indicativos de morador ausente.
  4. Preste muita atenção nos ex-empregados que frequentam as redondezas de sua residência.
  5. Instale pinos de segurança em todas as portas externas, de preferência dois em cada porta, sendo a primeira quarta parte da porta e outro na terceira.
  6. Em caso de furto/roubo, liste todo o material desaparecido, com suas características, e dê ciência do fato imediatamente à Polícia Militar.
  7. Mantenha à vista a ficha de todos os empregados do prédio, mesmo os eventuais. O ideal é que todos sejam identificados por crachás.
  8. Mantenha em local seguro as notas fiscais de série de seus bens (TV, som, vídeo, relógios, etc.) Em caso de furto, transmita esses dados às autoridades, pois essa providência aumenta a chance de recuperação.
  9. Mantenha sempre à mão os telefones de emergência da Polícia. Conheça o Quartel mais próximo da sua residência. Instrua seus familiares e serviçais de como proceder em caso de perigo eminente ou de simples observação de suspeitos nas imediações.
  10. Mantenha sempre as garagens fechadas.
  11. Não abra a porta para pessoas que se apresentem para oferecer serviços não solicitados (encanadores, jardineiros, eletricistas, etc.).
  12. Não acredite que um estranho uniformizado é sempre legítimo. Em caso de dúvida, consulte o seu empregador.
  13. Evite colocar nomes pessoais nas portas.
  14. Evite comentar sua viagem perto de pessoas estranhas.
  15. Evite dar esmolas e não fique conversando ou ouvindo estórias de pessoas. Faça doação a instituições de caridade.

Fonte: Dicaseg.com

Ligar Agora