Com ruas vazias e comércio fechado, aumentam riscos de invasões, roubos e incêndios.

Com o isolamento social por conta do Coronavírus, a maioria das lojas não está aberta. E os proprietários precisam estar atentos aos riscos de danos ao patrimônio até o funcionamento do comércio voltar à normalidade.

As principais ameaças a estabelecimentos fechados por um período longo de tempo são os arrombamentos seguidos de furtos, ou eventuais incêndios causados pela ação dos bandidos ou mesmo por problemas elétricos.

Apesar de estarem sujeitos a essas eventualidades a qualquer momento, o isolamento social aumenta a probabilidade deste tipo de ocorrências, e, sem a movimentação de pessoas no local, a contenção dos danos demora mais para acontecer, portanto, o prejuízo é maior.

Para evitar roubos, é importante, além de manter o mínimo de mercadoria visível (se possível colocar tudo no estoque), trancar bem as portas e portões, com cadeados, senhas, e possuir um sistema de alarme com câmeras ligadas 24 horas por dia e conectado à central de segurança. Essas providências dificultam possíveis invasões.

Como forma de proteger contra incêndios, é necessário manter aparelhos elétricos que não necessitam estar ligados fora da tomada e certificar que o local tem um aterramento elétrico adequado para não sobrecarregar o sistema e provocar um curto-circuito.

Need Help? Chat with us!
Atendimento Via Whatsapp
Olá, selecione o departamento que deseja atendimento via WhatsApp!
Normalmente responde em poucos minutos!