Fazer a vigilância da sua residência ou do seu estabelecimento se tornou uma tarefa diária e a contratação de segurança já não é mais uma iniciativa totalmente eficiente. O avanço da tecnologia trouxe novas opções de vigilância, como a utilização de câmeras, e o mercado de segurança tem se modernizado. Uma das suas atualizações foi o lançamento de câmeras de segurança de alta resolução.

De forma resumida, resolução de uma câmera é quantidade de linhas que a mesma usa para formar as imagens. Quanto maior o número de linhas, mais nítida são as imagens. As câmeras ideais possuem resolução superior a 480 linhas. Quando a qualidade é inferior a isso, as imagens ficam ruins, sem definição, e muitas vezes não é possível identificar o rosto das pessoas ou placas de carros, fazendo com que o sistema de segurança não cumpra sua função.

As câmeras de segurança de alta resolução chegaram no mercado para evitar essas falhas. Todas as câmeras de vigilância têm a mesma finalidade: monitorar um local em tempo real. Se colocadas em conjunto com um sistema, podem ainda fazer a gravação dessas imagens. Algumas câmeras de alta definição possuem infravermelho acoplado, o que permite captar imagens de boa qualidade mesmo à noite, quando não há iluminação.

Além desses fatores, as câmeras com alta definição, por proporcionarem um bom detalhamento das imagens, faz com que o usuário precise de um número menor de equipamentos para cobrir determinada área. Outras funções como filmagens pan (horizontais ou verticais) e zoom também dão destaque para as câmeras de segurança de alta resolução.

Essas câmeras possuem ainda outra finalidade: a possibilidade de gravar as imagens somente quando realmente houver necessidade. Essa função funciona com a ativação automática da câmera quando acontece o disparo do alarme no local, por exemplo, evitando que o usuário precise ficar buscando depois as imagens daquele momento para passar para as autoridades.

Fonte: Segware.com.br


Ligar Agora