Como tornar o condomínio mais seguro

Um dos temas incontornáveis nos dias que correm é a segurança. Com o aumento de ameaças a bens e pessoas, a procura de soluções em empresas de segurança é cada vez maior. Contudo, apesar dos sistemas de alarme instalados pelas empresas de segurança em residências e condomínios, há sempre algo que você pode fazer de modo a tornar esse espaço mais seguro.

Os condomínios estão cada vez mais na moda. Por serem mais seguros, e normalmente, por incluírem vigilância por uma empresa de segurança, são assim muito escolhidos hoje em dia por quem pretende um lar tranquilo e com maior segurança. Mas para manter essa segurança, é essencial que saiba ter alguns cuidados básicos. Neste artigo poderá conhecer algumas dicas importantes sobre como tornar o seu condomínio mais seguro.

Dicas para tornar o condomínio mais seguro

Há hábitos diários, que muitas vezes, apesar de simples e aparentemente sem importância, podem colocar a segurança do seu condomínio em risco, bem como os bens e a integridade física de todos os seus residentes. Dessa forma, a mudança desses pequenos hábitos pode ter um impacto bastante grande no aumento e manutenção da segurança desse espaço. Como referimos atrás, o trabalho das empresas de segurança é importante, mas você tem também uma função para manter o seu condomínio seguro. Confira de seguida algumas dicas de como aumentar a segurança do seu condomínio:

  1. Uma dica simples é criar um identificativo para os carros, de modo a controlar os veículos que entram na garagem. Pode ser um selo para colar no vidro, ou até mesmo, um cartão de identificação, com os dados do carro e do residente.
  2. Promover reuniões frequentes de moradores de modo a discutir falhas, e ainda, ensinar algumas dicas sobre como ter atitudes mais seguras para o condomínio. Dessa forma, consegue assegurar-se que um número maior de pessoas aplicam as dicas aqui apresentadas.
  3. Não alugar vagas de garagem para pessoas não residentes dentro do condomínio.
  4. Não deixe apenas para os funcionários da empresa de segurança a vigilância do seu condomínio. Se vir alguém estranho ou que não conheça, pergunte quem é. Você próprio é responsável pela sua segurança e de todos com quem vive.
  5. Todos os residentes e prestadores de serviço que vêm de fora devem estar registados, de modo a não haver falta de controlo sobre quem entra no condomínio.
  6. Procurar reduzir ao máximo a rotatividade de funcionários do condomínio, de modo a conhecerem-nos mais facilmente. O mesmo se passa com os funcionários das empresas de segurança do seu condomínio.
  7. Em caso de realização de uma festa dentro do condomínio, criar uma lista de convidados, de modo a que o porteiro possa controlar quem entra.

Estas dicas, simples e de fácil aplicação, irão ser essenciais para aumentar a segurança dentro do condomínio. No entanto, para que estas dicas sejam realmente eficazes, é essencial que todos os residentes as adotem no seu dia-a-dia.

Fonte: http://www.sistemasdeseguranca.pt/geral/como-tornar-o-condominio-mais-seguro/

Ligar Agora