Elementos essenciais para compor o sistema de alarme da sua casa

Central de controle: a central de controlo é a responsável pela resseção dos sinais enviados pelos detectores e é também responsável pela ativação do alarme.

Teclado: tem como funcionalidade ativar e desativar o sistema de alarme. Este elemento deve estar instalado à entrada da sua casa. Também poderá ter comando à distância.

Dica: Caso, a central e o teclado, estejam próximos devem ficar à entrada da casa.

Detector de movimentos: sinaliza à central que existem movimentos em determinada zona da habitação. Para manter a segurança e tornar o sistema de alarme eficaz deve ser instalado nos locais mais propícios ao acesso de intrusos.

Sirenes: as sirenes podem ser interiores ou exteriores. Estas recebem os sinais de alerta da central de controlo e emitem sinais sonoros que alertam para a presença de algum movimento estranho. Caso instale um alarme com sirene tem que comunicar através de impresso próprio ao Governo Civil do seu distrito.

Botão de pânico: se está em sua casa e ouve algum barulho que lhe dê a entender que a sua segurança e da sua casa estão em causa deve ativar o alarme através do botão de pânico. Esta ferramenta é um alerta imediato e deve estar próximo da sua cama para que, por exemplo, durante a noite o possa acionar com rapidez.

Sistemas de alarme avançados

A oferta dos sistemas de alarme no mercado é muito diversificada e para manter a sua casa segura, caso esteja disposto a despender algum dinheiro saiba que tem sistemas de alarme muito avançados tecnologicamente. Pode optar nomeadamente por sistemas de alarme com funcionalidades de domótica que permitem, por exemplo, detectar quando as persianas sobem e descem, luzes acesas e apagadas, simulando a presença de pessoas em casa, ou até comunicar a presença de um idoso com imobilidade em casa.

Contratar uma empresa de segurança privada

Adquirir os serviços de uma empresa de segurança privada apresenta-se como uma alternativa aos kits de alarme, uma vez que apresentam soluções que se adequam às necessidades de cada cliente.

Neste caso, ao adquirir os serviços destas empresas de segurança, o utilizador tem que cumprir o período de fidelização exigido e efetuar o pagamento da instalação do sistema de segurança na sua casa.

Mantenha a sua casa segura

Como pode verificar existem inúmeras ofertas que lhe permitem ter um sistema de alarme em casa e assim manter a sua casa em segurança em qualquer momento.

A segurança é essencial e por isso não a negligencie, se não tem tempo nem paciência para fazer a sua própria instalação de alarme, o mais prudente será recorrer aos serviços de vigilância oferecidos pelas empresas de segurança privada.

Agora que já tem algumas dicas de como escolher o sistema de segurança certo para a sua casa, o melhor é pensar seriamente em instalar um sistema de segurança para que garanta a segurança da sua residência, tanto na sua presença como na sua ausência.

Fonte: http://www.sistemasdeseguranca.pt/alarmes/alarmes-escolher-sistema-de-seguranca-casa/

Ligar Agora